Bispos

cheap football wholesale jerseys
cheap jerseys
authenticjerseys
cheap jersey supply china

Relação de Bispos do Pará

1721 – 1906:

 1. O Primeiro Bispo: D. Frei Bartolomeu do Pilar (1724-1733).

2. Dom Frei Guilherme de São José (1739-1748).

3. Dom Frei Miguel de Bulhões e Souza (1749-1760).

4. Dom Frei João de São José e Queiroz (1760-1763):

5. Dom Frei João Evangelista Pereira (1772-1782):

6. Dom Frei Caetano Brandão (1783-1789):

7. Dom Manuel de Almeida Carvalho (1794-1818):

8. Dom Romualdo de Souza Coelho (1821-1841):

9. Dom José Affonso de Morais Torres (1844-1858):

10. Dom Antônio de Macedo Costa (1860-1890):

11. Dom Jerônimo Tomé da Silva (1891-1893):

12. Dom Antônio Manuel de Castilho Brandão (1895-1901):

13. Dom Francisco do Rêgo Maia (1902-1906).

 

Relação de Arcebispos

1906 – 2010

 

14. José Marcondes Homem de Melo (1906):

15. Dom Santino Maria da Silva Coutinho (1907-1923):

16. Dom João Irineu Joffily (1924-1931):

17. Dom Antônio de Almeida Lustosa (1932-1941):

18. Dom Jaime de Barros Câmara (1942-1943):

19. Dom Mário de Miranda Villas-Boas (1944-1956):

20. Dom Alberto Gaudêncio Ramos (1957-1990):

21. Dom Vicente Joaquim Zico (1990-2004):

22. Dom Orani João Tempesta (2004-2009)

23. Dom Alberto Taveira Corrêa (2010 – atual)

 

Notas biográficas dos bispos e arcebispos do Pará

 

14. José Marcondes Homem de Melo (1906):

Na virada do século dezenove para o vinte, a situação sócio-econômica no Pará sofreu uma brusca alteração. O ciclo da borracha enriqueceu subitamente o estado e provocou uma explosão demográfica gerada pela promessa de prosperidade fácil e rápida em terras amazônicas. Em resposta a essa nova realidade, o Papa Pio X elevou a diocese de Belém à condição de arquidiocese em 1º de maio de 1906, através da bula Sempiternum Humani Generis. A mudança do status religioso do Pará obrigou José Marcondes Homem de Melo, sacerdote paulista radicado na Europa, a aguardar um pouco mais: fora nomeado, em abril de 1906, o 14º bispo de uma diocese que, entrementes, se tornara arquidiocese. Em primeiro de maio do mesmo ano, viu sua nomeação ser corrigida: seria o primeiro arcebispo do Pará.

Embarcou rumo a sua arquidiocese em agosto de 1906. No início da travessia, ainda no litoral da Espanha, o navio em que viajava naufragou. Dom Marcondes salvou-se da tragédia, mas viu perecer no mar Dom José de Camargo Barros, bispo eleito de São Paulo e co-celebrante de sua ordenação arquiepiscopal. Psicologicamente abalado, renunciou à arquidiocese paraense ao perceber que, como arcebispo, teria de viajar constantemente pelos caudalosos rios amazônicos. Em 1908, foi nomeado bispo de São Carlos do Pinhal, no estado de São Paulo. Morreu em 1937, aos 77 anos.

 

 

15. Dom Santino Maria da Silva Coutinho (1907-1923):

A renúncia inesperada de Dom Marcondes obrigou a Igreja a achar soluções rapidamente.  Santino Maria Coutinho, sacerdote paraibano, já aceitara a nomeação para a diocese maranhense quando, em dezembro de 1906, viu-se subitamente nomeado arcebispo do Pará pelo Papa Pio X. Em 29 de junho de 1907,  fez sua entrada solene na Catedral da Sé de Belém.

Seu período como primeiro arcebispo de fato do Pará foi marcado pela chegada de mais congregações religiosas (as Irmãs Franciscanas Missionárias de Mary Hill e os Missionários da Sagrada Família), por reformas no patrimônio da Igreja (datam de seu governo o restauro dos templos da Trindade e das Mercês) e por inovações administrativas (criou paróquias em Belém e dioceses e prelazias no interior). Também demonstrou estar ciente dos desafios da época ao criar dois importantes jornais confessionais: A Palavra e O Centro Católico.

Em 1923, foi transferido para a arquidiocese de Maceió. Faleceu em 1939, quando contava 71 anos.

 

16. Dom João Irineu Joffily (1924-1931):

Paraibano de Campina Grande, nascido em 1878, ordenou-se sacerdote precocemente, aos 22 anos. Em 1914, foi designado bispo coadjutor de Olinda. Dois anos depois, foi eleito o 3º bispo do Amazonas, cargo que ocupou durante oito anos. Em março de 1924, aos 46 anos, foi indicado para assumir a arquidiocese do Pará, onde chegará em janeiro de 1925.

Seguindo o exemplo de seus antecessores, tratou de suprir a falta de sacerdotes pela atração de congregações religiosas como os Irmãos Salesianos, os padres Lazaristas e as Irmãs do Bom Pastor. Também foi responsável pela criação de algumas prelazias, como a do Marajó e a de Gurupi. Mas seu governo foi marcado por medidas polêmicas. Se o fechamento do Seminário, sob alegação de falta de recursos, já despertou críticas a Dom Irineu, sua tentativa de moralizar o Círio de Nazaré, que lhe parecia desvirtuado, provocou uma avalanche de reclamações. Em 1931, renunciou ao arcebispado paraense. Faleceu no Rio de Janeiro em 1950.

 

17. Dom Antônio de Almeida Lustosa (1932-1941):

Ao chegar em Belém como arcebispo, em dezembro de 1932, Dom Antônio de Almeida Lustosa, salesiano de 46 anos, já possuía larga experiência com o báculo e a mitra episcopais: entre 1925 e 1928, ocupara o posto mais alto da diocese de Uberaba,em sua MinasGeraisnatal; de1928 a1931, foi bispo de Corumbá, estado do Mato Grosso. Em julho de 1931, foi nomeado arcebispo do Pará pelo Papa Pio XI.

Esbanjando vitalidade, percorreu todos os recantos da enorme arquidiocese paraense durante seus dez anos de governo. Suas impressões de viagem foram registradas em crônicas publicadas no jornal católico A Palavra e posteriormente reunidasem livro. Também é autor de um alentado volume biográfico sobre Dom Macedo Costa.

Reabriu o Seminário de Nossa Senhora da Conceição e o confiou a seus irmãos salesianos. Deu prosseguimento à política de atrair congregações religiosas para o Pará com enorme sucesso: datam de seu arcebispado a chegada dos Padres Cúzios, das Irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, das Capuchinhas, das Angélicas de São Paulo e das Irmãs de Nossa Senhora da Anunciação.

Em 1941, foi transferido para a Arquidiocese de Fortaleza. Antes de embarcar, porém, procedeu à sagração da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, que então reabria após a reforma que lhe deu as feições atuais.

Governou a arquidiocese cearense até 1963, quando renunciou. Viveu até os 88 anos, completados em 1974. Foi sepultado na Catedral de Fortaleza. Seu processo de canonização está em curso desde 1993.

 

18. Dom Jaime de Barros Câmara (1942-1943):

 Catarinense de ascendência portuguesa, Jaime Câmara fez seus estudos religiosos no Seminário de São Leopoldo, Rio Grande do Sul. Em 1920, com 26 anos incompletos, foi ordenado sacerdote em seu estado natal. Permaneceu em Florianópolis por uma década e meia, tendo exercido o reitorado de um Seminário e sendo honrado com o título de Monsenhor pelo Papa Pio XI. Em 1935, o mesmo Pio XI o destacou para ocupar o cargo de bispo da recém-criada diocese de Mossoró, Rio Grande do Norte. Em 1941, foi nomeado arcebispo de Belém do Pará.

Chegou à capital paraense em janeiro de 1942. Em seu curto governo, reformou o currículo do Seminário e adquiriu edifícios para a arquidiocese. Em julho de 1943, soube de sua eleição para a arquidiocese do Rio de Janeiro, aonde chegou em setembro do mesmo ano. Três anos depois, tornou-se cardeal da Igreja católica, tendo participado dos conclaves que elegeram os Papas João XXIII (1958) e Paulo VI (1963). Tomou parte ainda das sessões do Concílio Vaticano II.

Faleceu em 18 de fevereiro de 1971.

 

 

19. Dom Mário de Miranda Villas-Boas (1944-1956):

Gaúcho nascido em 04 de agosto de 1903, Mário de Miranda Villas-Boas fez seus estudos em Sergipe, terra de seus pais, onde ajudou a fundar a Academia Sergipana de Letras. Foi ordenado sacerdote em dezembro de 1925. Sua ascensão ao episcopado foi precoce: em 1938, foi escolhido bispo de Garanhuns, Pernambuco. Em 1944, o Papa Pio XII o nomeou arcebispo de Belém do Pará. Tomou posse da arquidiocese paraense no início do ano seguinte.

Seus doze anos à frente da Igreja no Pará foram profícuos. Criou novas paróquias na capital e duas prelazias: a de Cametá e a de Macapá. Atraiu para a arquidiocese meia dúzia de ordens religiosas. Organizou, em Belém, o sexto Congresso Eucarístico Nacional, em 1953. Ainda como arcebispo paraense, colaborou na fundação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, de cuja Comissão Permanente foi membro ativo.

Em 1956, foi removido para Salvador, onde o cardeal Álvaro da Silva requisitara seus serviços como arcebispo coadjutor. Entre 1959 e 1965, ocupou o cargo maior da arquidiocese da Paraíba, ao qual renunciou. Morreu em 1968,em Sergipe. Seusrestos mortais foram trasladados para a Catedral de Belém.

 

20. Dom Alberto Gaudêncio Ramos (1957-1990):

Alberto Gaudêncio Ramos era paraense da capital, onde nasceu em 30 de março de 1915. Após realizar seus estudos básicos nos colégios Paes de Carvalho e Nossa Senhora da Nazaré, mudou-se para Fortaleza,em cujo Seminárioda Prainha estudou Filosofia e Teologia. Foi ordenado sacerdote em Belém, em 1939. Serviu à arquidiocese de Belém sob as ordens de três arcebispos: Almeida Lustosa, Jaime Câmara e Mário de Miranda Villas-Boas.

Em 1948, aos 33 anos, foi nomeado bispo do Amazonas. Com a elevação da diocese do Amazonas a arcebispado, em 1952, Gaudêncio Ramos, então com 36 anos, se torna o mais jovem arcebispo do mundo. Em 9 de maio de 1957, foi nomeado arcebispo de seu estado natal. Era apenas o segundo paraense a atingir o mais alto cargo da hierarquia eclesiástica local. Seus quase 43 anos à frente da arquidiocese paraense foram repletos de realizações. Criou dezenas de paróquias, fundou o Seminário Pio X, proveu a arquidiocese de novos bens e edifícios. Acolheu diversas irmandades no Pará. Homem de letras, foi membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará e do Conselho Estadual de Cultura. Fez importante contribuição à história da Igreja na Amazônia ao publicar sua Cronologia Eclesiástica do Pará. Ainda fez parte das sessões do Concílio Vaticano II.

Em 1980, recebeuem Belém João PauloII, o primeiro e único Papa a visitar a capital paraense.

Ao completar 75 anos, em 1990, renunciou à arquidiocese, conforme previsto no Direito Canônico. Faleceu no ano seguinte e foi sepultado na Catedral paraense, conforme pedira.

 

21. Dom Vicente Joaquim Zico (1990-2004):

Mineiro da cidade de Luz, Vicente Joaquim Zico entrou na Congregação da Missão aos dezesseis anos, em 1943. Dois anos depois, professou seus votos naquela Congregação.  A seguir, viajou para Petrópolis com o objetivo de aprofundar seus conhecimentos de Filosofia e Teologia no Seminário local. Em 1950, ordenou-se sacerdote. Entre 1952 e 1967 trabalhou no Brasil, tendo assumido a reitoria de dois Seminários. Completou seus estudos em Paris no biênio 1967-69.

Ocupava o cargo de Conselheiro Geral da Congregação, em Roma, quando o Papa João Paulo II o designou arcebispo coadjutor de Belém, com direito à sucessão, em 1980. Com a renúncia de Dom Alberto Gaudêncio Ramos, dez anos depois, assumiu o governo da arquidiocese de Belém. Seu período arquiepiscopal foi caracterizado por diversas realizações e pela profunda identificação que obteve com o povo paraense. Não obstante o tempo dedicado aos católicos do Pará, exerceu diversos cargos de âmbito nacional, como o de Bispo Responsável pela Dimensão Missionária da Conferência Nacional de Bispos do Brasil e presidente da regional norte 2 da mesma CNBB.

Em 2002, ao completar 75 anos, apresentou sua renúncia à Santa Sé. Entretanto, só abandonou o cargo dois anos depois, quando o Papa aceitou formalmente a renúncia. É arcebispo emérito de Belém desde então.

 

22. Dom Orani João Tempesta (2004-2009)

Orani João Tempesta nasceuem São Josédo Rio Pardo, São Paulo, em 1950. Ingressou no mosteiro cisterciense de Nossa Senhora de São Bernardo em janeiro de 1968. Um ano depois, realizou seus primeiros votos. Aprofundou seus estudos teológicos no mosteiro de São Bento da cidade de São Paulo e no Instituto Teológico Pio XI. Fez sua procissão solene na ordem cisterciense em 1972 e ordenou-se presbítero dois anos depois. Passou a década compreendida entre 1974 e 1984 como vice-prior do mosteiro de Nossa Senhora de São Bernardo. Depois foi promovido a prior da mesma instituição, cargo que abandonou em 1996, ao ser nomeado abade.

Em 1997, foi designado por João Paulo II para o bispado de Rio Preto. Em 2004, com a aceitação da renúncia de Dom Vicente Zico, foi escolhido para ser o nono arcebispo de Belém, cargo de que tomou posse em dezembro do mesmo ano.

Sua passagem pela arquidiocese paraense foi relativamente curta. Em fevereiro de 2009, Bento XVI o nomeou arcebispo do Rio de Janeiro. Em abril do mesmo ano, Dom Orani tomou posse da tradicional arquidiocese carioca.

 

 

23. Dom Alberto Taveira Corrêa (2010 – Atual)

 Dom Alberto Taveira Corrêa  nasceu em Nova Lima MG no dia 26 de maio de 1950, filho de Alberto Corrêa e Maria da Conceição Taveira Corrêa. Em Nova lima fez os estudos primários, concluídos em 1960. Em 1961 entrou para o Seminário Provincial Coração Eucarístico de Jesus. Ainda como seminarista da Arquidiocese de Belo Horizonte concluiu Cursos de Filosofia e Teologia na PUC-MG.

Recebeu a ordenação sacerdotal no dia 15 de agosto de 1973 das mãos de Dom João Resende Costa, na Matriz de Nossa Senhora do Pilar de Nova Lima, onde permaneceu como pároco até dezembro de 1977.De setembro de 1976 a abril de 1977, fez o Curso de Espiritualidade Sacerdotal do Movimento dos Focolares em Roma.

De 1978 a 1984 foi Reitor do Seminário Provincial Coração Eucarístico de Jesus em Belo Horizonte. Em 1985 foi nomeado Pároco da Paróquia de São Geraldo e responsável pela comunidade dos Diáconos da Arquidiocese. Durante o ano de 1988 foi orientador do Seminário Menor São José. Na Arquidiocese de Belo Horizonte foi ainda vigário Episcopal para a Pastoral, coordenador da Pastoral vocacional e dos Cursos de Canto Pastoral e da Comissão de Liturgia e Professor de Liturgia na PUC-MG.

No dia 24 de abril de 1991, quando era Pároco do Senhor Bom Jesus de Bonfim e de Santo Antônio de Vargem Alegre e Vigário Forâneo da Forania São Caetano, foi nomeado Bispo Auxiliar de Brasília, sendo ordenado no dia 6 de julho de 1991, na cidade de Nova Lima.

Em Brasília, assumiu a coordenação do Vicariato Sul da Arquidiocese, além das diversas atividades de Bispo Auxiliar, especialmente as visitas pastorais, conselho Arquidiocesano de Pastoral e acompanhamento dos Seminários, Pastoral Vocacional, Comissão de Juventude, Pastoral Familiar e Campanha da Fraternidade. Desde a instalação da Rádio Nova Aliança, teve um programa diário “Palavra de vida eterna”, com o qual se estabeleceu uma grande rede de contatos com os diversos segmentos da vida de Brasília. A partir de 1991, tem acompanhado em nome da Arquidiocese de Brasília o Grupo Parlamentar Católico do Congresso Nacional. Por mandato da CNBB, foi indicado Bispo Assistente Nacional para a Renovação Carismática Católica permanecendo até “2000”. Foi membro da Comissão Episcopal de Vocações e Ministérios do Conselho Episcopal Latino-Americano – CELAM.

No dia 27 de março de 1996, o Santo Padre o Papa João Paulo II criou a Arquidiocese de Palmas e a Província Eclesiástica que tem como sufragância as Dioceses de Porto Nacional, Miracema do Tocantins e Tocantinópolis e a Prelazia de Cristalândia. Dom Alberto foi nomeado Primeiro Arcebispo Metropolitano de Palmas e atualmente o 10º Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará, onde tomou posse dia 25 de março de 2010 às 19h30 na Catedral Metropolitana de Belém.

 

Managing the Income Portfolio

Risk comes in various forms, but the average investor primary concerns are “credit” and “market” risk. particularly when it comes to investing for income. Credit risk involves the ability of corporations, government entities, and even individuals, to make good on their financial commitments; market risk refers to the certainty that there will be changes in the Market Value of the selected securities. We can minimize the former by selecting only high quality (investment grade) securities and the latter by diversifying properly, understanding that Market Value changes are normal, and by having a plan of action for dealing with such fluctuations. (What does the bank do to get the amount of interest it guarantees to depositors? What does it do in response to higher or lower market interest rate expectations?)

You don have to be a professional Investment Manager to professionally manage your investment portfolio, but you do need to have a long term plan and know something about Asset Allocation. a portfolio organization tool that is often misunderstood and almost always improperly used within the financial community. It important to recognize, as well, that you do not need a fancy computer program or a glossy presentation with economic scenarios, inflation estimators, and stock market projections to get yourself lined up properly with your target. You need common sense, reasonable expectations, patience, discipline, soft hands, and an oversized driver. The K. I. S. S. Principle needs to be at the foundation of your Investment Plan; an emphasis on Working Capital will help you Organize, and Control your investment portfolio.

Planning for Retirement should focus on the additional income needed from the investment portfolio, and the Asset Allocation formula [relax, 8th grade math is plenty] needed for goal achievement will depend on just three variables: (1) the amount of liquid investment assets you are starting with, (2) the amount of time until retirement, and (3) the range of interest rates currently available from Investment Grade Securities. If you don allow the “engineer” gene to take control, this can be a fairly simple process. Even if you are young, you need to stop smoking heavily and to develop a growing stream of income. if you keep the income growing, the Market Value growth (that you are expected to worship) will take care of itself. Remember, higher Market Value may increase hat size, but it doesn pay the bills.

First deduct any guaranteed pension income from your retirement income goal to estimate the amount needed just from the investment portfolio. Don worry about inflation at this stage. Next, determine the total Market Value of your investment portfolios, including company plans, IRAs, H Bonds. everything, except the house, boat, jewelry, etc. Liquid personal and retirement plan assets only. This total is then multiplied by a range of reasonable interest rates (6%, to 8% right now) and, hopefully, one of the resulting numbers will be close to the target amount you came up with a moment ago. If you are within a few years of retirement age, they better be! For certain, this process will give you a clear idea of where you stand, and that, in and of itself, is worth the effort.

Organizing the Portfolio involves deciding upon an appropriate Asset Allocation. and that requires some discussion. Asset Allocation is the most important and most frequently misunderstood concept in the investment lexicon. The most basic of the confusions is the idea that diversification and Asset Allocation are one and the same. Asset Allocation divides the investment portfolio into the two basic classes of investment securities: Stocks/Equities and Bonds/Income Securities. Most Investment Grade securities fit comfortably into one of these two classes. Diversification is a risk reduction technique that strictly controls the size of individual holdings as a percent of total assets. A second misconception describes Asset Allocation as a sophisticated technique used to soften the bottom line impact of movements in stock and cheap nhl jerseys bond prices, and/or a process that automatically (and foolishly) moves investment dollars from a weakening asset classification to a stronger one. a subtle “market timing” device.

Finally, the Asset Allocation Formula is often misused in an effort to superimpose a valid investment planning tool on speculative strategies that have no real merits of their own, for example: annual portfolio repositioning, market timing adjustments, and Mutual Fund shifting. The Asset Allocation formula itself is sacred, and if constructed properly, should never be altered due to conditions in either Equity or Fixed Income markets. Changes in the personal situation, goals, and objectives of the investor are the only issues that can be allowed into the Asset Allocation decision making process.

Here are a few basic Asset Allocation Guidelines:

(1) All Asset Allocation decisions are based on the Cost Basis of the securities involved. The current Market Value may be more or less and it just doesn matter.

(2) Any investment portfolio with a Cost Basis of $100,000 or more should have a minimum of 30% invested in Income Securities, either taxable or tax free, depending on the nature of the portfolio. Tax deferred entities (all varieties of retirement programs) should house the bulk of the Equity Investments. This rule applies from age 0 to Retirement Age 5 years. Under age 30, it is a mistake to have too much of your portfolio in Income Securities.

(3) There are only two Asset Allocation Categories, and neither is ever described with a decimal point. All cash in the portfolio is destined for one category or the other.

(4) From Retirement Age 5 on, the Income Allocation needs to be adjusted upward until the “reasonable interest rate test” says that you are on target or at least in range. (5) At retirement, between 60% and 100% of your portfolio may have to be in Income Generating Securities.

Controlling, or Implementing, the Investment Plan will be accomplished best by those who are least emotional, most decisive, naturally calm, patient, generally conservative (not politically), and self actualized. Investing is a long term, personal, goal orientated, non competitive, hands on, decision making process that does not require advanced degrees or a rocket scientist IQ. In fact, being too smart can be a problem if you have a tendency to over analyze things. It is helpful to establish guidelines for selecting securities, and for disposing of them. For example, limit Equity involvement to Investment Grade, NYSE, dividend paying, profitable, and widely held companies. Don buy any stock unless it is down at least 20% from its 52 week high, and limit individual equity holdings cheap wholesale jerseys to less than 5% of the total portfolio. Take a reasonable profit (using 10% as a target) as frequently as possible. With a 40% Income Allocation, 40% of profits and dividends would be allocated to Income Securities.

For Fixed Income, focus on Investment Grade securities, with above average but not “highest in class” yields. With Variable Income securities, avoid purchase near 52 week highs, and keep individual holdings well below 5%. Keep individual Preferred Stocks and Bonds well below 5% as well. Closed End Fund positions may be slightly higher than 5%, depending on type. Take a reasonable profit (more than one years income for starters) as soon as possible. With a 60% Equity Allocation, 60% of profits and interest would be allocated to stocks.

Monitoring Investment Performance the Wall Street way is inappropriate and problematic for goal orientated investors. It purposely focuses on short term dislocations and uncontrollable cyclical changes, producing constant disappointment and encouraging inappropriate transactional responses to natural and harmless events. Coupled with a Media that thrives on sensationalizing anything outrageously positive or negative (Google and Enron, Peter Lynch and Martha Stewart, for example), it becomes difficult to stay the course with any plan, as environmental conditions change. First greed, then fear, new products replacing old, and always the promise of something better when, in fact, the boring and old fashioned basic investment principles still get the job done. Remember, your unhappiness is Wall Street most coveted asset. Don humor them, and protect yourself. Base your performance evaluation efforts on goal achievement. yours, not theirs. Here how, based on the three basic objectives we been talking about: Growth of Base Income, Profit Production from Trading, and Overall Growth in Working Capital.

Base Income includes the dividends and interest produced by your portfolio, without the realized capital gains that should actually be the larger number much of the time. No matter how you slice it, your long range comfort demands regularly increasing income, and by using your total portfolio cost basis as the benchmark, it easy to determine where to invest your accumulating cash. Since a portion of every dollar added to the portfolio is reallocated to income production, you are assured of increasing the total annually. If Market Value is used for this analysis, you could be pouring too much money into a falling stock market to the detriment wholesale jerseys of your long range income objectives.

Profit Production is the happy face of the market value volatility that is a natural attribute of all securities. To realize a profit, you must be able to sell the securities that most investment strategists (and accountants) want you to marry up with! Successful investors learn to sell the ones they cheap jerseys china love, and the more frequently (yes, short term), the better. This is called trading, and it is not a four letter word. When you can get yourself to the point where you think of the securities you own as high quality inventory on the shelves of your personal portfolio boutique, you have arrived. You won see WalMart holding out for higher prices than their standard markup, and neither should you. Reduce the markup on slower movers, and sell damaged goods you held too long at a loss if you have to, and, in the thick of it all, try to anticipate what your standard, Wall Street Account Statement is going to show you. a portfolio of equity securities that have not yet achieved their profit goals and are probably in negative Market Value territory because you sold the winners and replaced them with new inventory. compounding the earning power! Similarly, you see a diversified group of income earners, chastised for following their natural tendencies (this year), at lower prices, which will help you increase your portfolio yield and overall cash flow. If you see big plus signs, you are not managing the portfolio properly.

Working Capital Growth (total portfolio cost basis) just happens, and at a rate that will be somewhere between the average return on the Income Securities in the portfolio and the total realized gain on the Equity portion of the portfolio. It will actually be higher with larger Equity allocations because frequent trading produces a higher rate of return than the more secure positions in the Income allocation. But, and this is too big a but to ignore as you approach retirement, trading profits are not guaranteed and the risk of loss (although minimized with a sensible selection process) is greater than it is with Income Securities. This is why the Asset Allocation moves from a greater to a lesser Equity percentage as you approach retirement.

So is there really such a thing as an Income Portfolio that needs to be managed? Or are we really just dealing with an investment portfolio that needs its Asset Allocation tweaked occasionally as we approach the time in life when it has to provide the yacht. and the gas money to run it? By using Cost Basis (Working Capital) as the number that needs growing, by accepting trading as an acceptable, even conservative, approach to portfolio management, and by focusing on growing income instead of ego, this whole retirement investing thing becomes significantly less scary. So now you can focus on changing the tax code, reducing health care costs, saving Social Security, and spoiling the grandchildren.Articles Connexes:

A Z Sports American Football Women Glenn Hall Jersey Athletics Boxing Cricket Cycling Disability Sport Equestrian Football Formula 1 Gaelic Games Golf Horse Racing Motorsport Olympic Youth Chris Chelios Jersey Sports Rugby League Rugby Union Snooker Swimming Tennis Winter Sports Full Sports A Z Events Euro 2016 Rio 2016 World Sport European Football Champions League African Authenitc White Keith Magnuson Jersey Football Around the UK England Scotland Wales Northern Ireland American Football TablesTables American Elite Black Bobby Hull Jersey Football Home Elite White Chris Chelios Jersey Brady is married to Brazilian model Gisele BundchenHalf time spotlight on celebritiesPop star Katy Perry was the star attraction at the interval and Elite Black Bobby Hull Jersey she was joined by special guests Lenny Kravitz and Missy Elliott. Perry entered the pitch on a giant Authenitc White Brandon Saad Jersey golden robotic lion as she sang her hit ‘Roar’ before Kravitz provided some rock and Missy Elliott some hip hop. The climax saw Perry lifted 50 feet off the ground by a mechanical contraption and she sang Men Bobby Hull Jersey ‘Firework’ as she floated above the pitch. Authenitc Black Chris Chelios Jersey There was a pyrotechnic display behind Perry as she sang her
and wool, the color of the jersey Authenitc Red Elite White Bobby Hull Jersey Denis Savard Jersey separates each team. NFL jerseys are colorful and are a Men Corey Crawford Jersey mark of each Elite Red Bobby Hull Jersey team. Jerseys are also available Authenitc Elite Denis Savard Jersey White Chris Chelios Jersey for young’s and for college leagues too, with Men Corey Elite Corey Crawford Jersey Crawford Jersey the different colors or with the same Elite Red Denis Savard Jersey colors of the NFL team and with the same number of the team players. Youths love NFL players jerseys to wear to Authenitc Black Denis Savard Authenitc Keith Magnuson Jersey Jersey school or in other situations. These jerseys are not with the same fabric as personalized jerseys, but they are authentic and found at the NFL stores. Women’s jerseys of the NFL team are also available with different varieties. These are different from men’s jerseys. NFL players jerseys for women’s team usually come with the colors like pink, light orange and other light colors. Kid’s jerseys are also available as well. Sizes are a concerning part for the jerseys and almost all sizes are available. NFL stores understand that fans need different sizes and so do the players in youth, high school, and college leagues. If fans want genuine jerseys, then they can find
QR Code Business Card